Rock Students

O que fazer quando sinto que meu inglês empacou?

Equipe Pedagógica Rockfeller | 13/05/2021 | 3 min de leitura | Voltar

O que fazer quando sinto que meu inglês empacou? Não é raro ouvir essa frase. Assim como também é comum que um dos motivos mais frequentes para as pessoas desistirem de estudar inglês é quando elas sentem que não estão mais aprendendo. Ou seja, que não estão mais evoluindo no idioma.

Isto acontece porque alguns pensam que o problema é com eles mesmos. E assim, simplesmente desistem para sempre, afirmando que “isso não é para mim”.  Outros, entretanto, culpam a escola, o professor ou o método. E nestes casos, decidem migrar para outra experiência de aprendizado com as expectativas renovadas. Até que encaram o mesmo obstáculo em pouco tempo.

A verdade é que o problema não está em você, na sua escola de idiomas, professor ou método. E muito menos há um problema, e sim, você precisa entender que está passando pelo “plateau” de aprendizado.

Plateau de aprendizado

O psicólogo Anders Ericsson, autoridade mundial no estudo da expertise, afirma que “quando você começa a aprender algo novo, é normal perceber um avanço rápido, ou pelo menos consistente. E quando esse avanço para, é natural acreditar que você alcançou um certo limite implacável. Então você para de tentar ir adiante e se contenta com o que já conseguiu até ali. Esta é a razão principal pela qual as pessoas deixam de evoluir.” 

No aprendizado de uma língua estrangeira, essa realidade é muito comum. Os alunos sentem uma evolução enorme no início do curso, mas quando alcançam o nível intermediário (nível B2 no Quadro Comum Europeu de Línguas), eles sentem que este ritmo de aprendizado diminui. Com isso eles se desmotivam por acreditarem que não conseguirão avançar mais a partir dali.

Percepção x realidade

O plateau está associado a uma percepção, e não representa a realidade. Como se fosse uma simples ilusão de ótica ou um bloqueio mental inconsciente que leva as pessoas a desacreditarem em seu potencial. Ou como já mencionamos, culpar fatores externos que possam impedir que eles progridam.

Ok, mas eu sinto que meu inglês empacou! Calma, o que realmente acontece é que no nível B2 os vocábulos novos que serão aprendidos pelos alunos não possuem a mesma “cara de novidade” do que no começo do curso. Obviamente, isto é esperado quando você está em contato com o idioma por algum tempo.  Quase sem querer, você começa a reconhecer o que aprende nas aulas também fora da sala de aula, como músicas, seriados, filmes e viagens. Essa sensação de familiaridade pode, por um lado, deixar os alunos mais confiantes e motivados, pois sentem que realmente estão aprendendo. Mas por outro lado, pode frustrar alguns que ainda têm a expectativa de aprender algo que nunca viram antes. 

Além disso, é comum que alunos deste nível tenham dificuldade em se comunicar em inglês utilizando o vocabulário e estruturas gramaticais que já dominam para se arriscarem mais, como se quisessem mostrar o quão avançados eles podem ser. Isto faz com que eles gaguejem mais, se esqueçam de como falar as coisas com mais frequência, e inevitavelmente, se sentem no plateau.

Como superar a vontade de desistir ao chegar no temido plateau

“O crescimento culmina ao ponto da resistência. Nós aprendemos quando nos esforçamos e ao reconhecermos o que há além dos limites de nossas habilidades.” – Josh Waitzkin, The Art of Learning 

O primeiro passo para ultrapassar seu plateau é reconhecer que ele existe, que é parte de sua percepção e que acontece com todo mundo, o tempo todo, em qualquer situação que envolva aprendizado.

Em seguida, deve-se estabelecer metas mensuráveis que realmente te ajudem a “sentir” o seu progresso. Saiba mais sobre como fazer isso no post sobre Como organizar sua rotina de estudos de inglês de uma maneira que realmente funcione.

Por fim, mantenha-se motivado e inspirado por suas conquistas e confie em seu potencial. Você vai perceber que, ao vencer mais este desafio, sua curva de aprendizado voltará a um movimento mais ascendente, e você terá novamente a sensação de que está aprendendo, evoluindo e se tornando a pessoa que você sempre quis ser. Fluente, determinada, segura e que sabe o que quer. 

Concluindo, quando você se perguntar novamente “o que fazer quando sinto que meu inglês empacou?”, saiba que estamos aqui torcendo muito por você! Este é o espírito Rockfeller! Gostou? Venha fazer parte do mundo Rockfeller.


Escrito por:

Equipe Pedagógica Rockfeller

Você também pode se interessar


Deixe Seu comentário

Política de comentários: Adoramos os comentários e agradecemos o tempo que os leitores gastam para compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados manualmente e aqueles considerados spam ou exclusivamente promocionais serão excluídos!

Conheça nossos cursos