Rock Students

3 erros dos pais que interferem no aprendizado do Inglês

Equipe Pedagógica Rockfeller | 01/04/2021 | 4 min de leitura | Voltar

Existem 3 erros dos pais que interferem no aprendizado do inglês. Quer saber se você já cometeu algum desses erros no aprendizado de seus filhos? Então confira nossas dicas neste post e boa leitura!

Seu filho já está estudando Inglês? Sua filha já fala e entende Inglês com facilidade?

Parabéns! Você tem uma criança bilíngue

Você faz parte do seleto – e cada vez mais crescente – grupo de mães de crianças bilíngues. Por isso, é importante saber o que não fazer – ou não fazer DE NOVO – ao assumir esse posto.

Pois bem, é fato que os filhos dos alunos de escolas de idiomas dos anos 80 e 90 estão estudando inglês agora, e muitos já são até fluentes. Porém, é preciso entender que são séculos diferentes, com intervalo de até 30 anos entre as experiências de pais e filhos. E este período de tempo já mostra que alguns hábitos bem antigos precisam ser definitivamente erradicados.

Vou contar a minha própria experiência, antes de ter me tornado especialista em educação bilíngue e a responsável pelo nascimento do departamento pedagógico da Rockfeller.

Em todos churrascos com a família e amigos, meus pais me colocavam no meio de uma roda e pediam “fala alguma coisa em inglês aí pra gente ver, Érika.” Eu ficava completamente perdida, sem saber o que eles queriam com aquilo. E depois de ouvir as pessoas dizerem que eu não sabia nada, que meus pais estavam gastando o dinheiro deles à toa comigo, eu começava a cantar a primeira música em inglês que vinha na minha cabeça. Nesta época eu tinha apenas 7 anos e era a única criança da família a aprender inglês. Hoje entendo que tudo era novidade para eles. 

Por isso, fique atento e se esforce muito para evitar estes 3 erros comuns, e nada positivos, dos pais com filhos em pleno processo de aprendizado de um novo idioma.

Erro nº1: TRATAR SEU FILHO COMO UM DICIONÁRIO AMBULANTE

3 erros dos pais que interferem no aprendizado do Inglês

A gente sabe do tamanho do orgulho que você sente quando vê seu filho ou sua filha progredir e se desenvolver cada vez mais nas aulas de Inglês. Mas é imprescindível entender que todo o vocabulário, método de ensino, materiais e abordagem serão totalmente voltadas para a faixa etária e cognitiva das crianças.

Veja bem, ficar pedindo para os pequenos traduzirem palavras soltas, fora de contexto e de seu vocabulário é extremamente improdutivo. Pode até causar aversão deles em relação à comunicação em inglês em casa.

Imagine o seguinte: uma criança de sete anos de idade começa a aprender contas de adição simples na escola. Você perguntaria para ela qual é a raiz quadrada de 64?

Então, o que fazer?

Acompanhe o que a criança está aprendendo em cada aula através de seu material e participando ativamente das suas tarefas. E ao invés de perguntas diretas e abertas tipo “como dizer cenoura em Inglês”, mude para “cenoura é potato mesmo?”

Assim, a criança irá se sentir útil em ajudar e reconhecida por seu conhecimento.

Erro nº2: PESQUISAR NO GOOGLE TRADUTOR

3 erros dos pais que interferem no aprendizado do Inglês

A ferramenta de tradução do Google só funciona bem se você já possui um conhecimento mais avançado e léxico da língua Inglesa, assim como um dicionário.

Em qualquer idioma, há diversos significados para a mesma palavra, as quais também mudam de sentido dependendo da sua função na frase (se ela é um verbo, adjetivo ou substantivo).

Imagine o seguinte: Você vê a frase “What did you get for Christmas this year?” Você entende tudo menos o GET, vai logo pesquisar e se depara com 17 opções de significado. Você usa logo o primeiro que aparece ou vai testando um por um até fazer sentido?

Portanto, se você ou seu filho se deparam com uma palavra que não conhecem, o ideal é circular ou sublinhar o vocábulo desconhecido e pedir ajuda ao professor na aula seguinte. Incentive também os pequenos a anotarem tudo o que for preciso durante a aula para eles lembrarem depois em casa. Afinal, livro bom mesmo é livro todo escrito e anotado!

Erro nº3: PEDIR PARA SEU FILHO FALAR FRASES ALEATÓRIAS EM INGLÊS

3 erros dos pais que interferem no aprendizado do Inglês

Vejamos, a cena que a Érika Varaschin descreveu no começo deste post é perfeita para ilustrar o que não fazer e também o que pode ser feito.

A função principal de um idioma é a comunicação. Quando você se comunica em Português com seus filhos, eles reagirão em Português porque entendem que a comunicação será mais efetiva dessa forma. Imagine um super fã do ACDC em um show da Anitta, você acha que faria sentido?

Sendo assim, uma ótima solução para compartilhar todo o brilhantismo do seu pequeno prodígio, é cantar uma música em Inglês com ele. Ou que sabe, criar um comprimento exclusivo entre vocês só em Inglês. Ou começar uma frase para ele terminar em Inglês. Em todas estas opções, será possível interagir de forma autêntica com seu filho onde vocês estiverem, perto da plateia que você quiser.

Pois bem, agora que você já conhece os 3 erros dos pais que interferem no aprendizado do Inglês, o importante é que as crianças se sintam seguras e motivadas para aprender um segundo idioma. Assim sendo, quando a família toda participa e se envolve com cuidado, amor e carinho, não há língua no mundo que atrapalhará o futuro bilíngue dos nossos pequenos.


Escrito por:

Equipe Pedagógica Rockfeller

Você também pode se interessar


Deixe Seu comentário

Política de comentários: Adoramos os comentários e agradecemos o tempo que os leitores gastam para compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados manualmente e aqueles considerados spam ou exclusivamente promocionais serão excluídos!

Conheça nossos cursos