Rock Practice

3 formas de aprender o present perfect de uma vez por todas

Equipe Pedagógica Rockfeller | 12/04/2021 | 5 min de leitura | Voltar

Você está estudando Inglês há algum tempo, está orgulhoso de sua evolução no idioma, mas
quando chegou o momento de aprender a usar o Present Perfect, você tem aquela sensação
inquietante de que tudo o que você aprendeu, até em Português, não faz mais sentido
algum? Você se sente perdido, frustrado e começa a pensar que você nunca vai aprender
Inglês mesmo, ou que o Uncle Sam está felicíssimo em ver seu desespero, tudo de propósito!?!
Veja 3 formas de aprender o present perfect de uma vez por todas. Sem precisar arrancar seus
cabelos!

RELAX! NADA É PESSOAL!

De nada vai adiantar focar nas suas dificuldades ou no seu medo em passar dessa fase – não estamos falando de videogame, mas a sensação que você vai ter quando dominar o Present Perfect é a mesma de quando você passa de fase no seu videogame favorito.

Você já parou para pensar que até as crianças que têm o Inglês como primeiro idioma usam o Present Perfect naturalmente. Será que elas são mais espertas do que você? É claro que não!

A diferença é que elas nem sabem, não fazem ideia que estão usando um tempo verbal quando conversam com seus familiares e amiguinhos. Elas ouvem e imitam seus pais e irmãos mais velhos, e percebem que as outras pessoas reagem ao que elas falam de forma natural.

Isso é comunicação! 

Aposto que você vive por aí esbanjando suas conjunções adversativas sem nem perceber. 

Por isso, a gente preparou 3 dicas inesquecíveis para você fazer as pazes com o Present Perfect. Anote aí! 

• PARE DE COMPARAR O INGLÊS COM O PORTUGUÊS

3 formas de aprender o present perfect

Aposto que seu teacher já te disse isso umas 97 vezes – só no último semestre! Sabia que ele
tem toda razão?


Por mais que o Português e o Inglês compartilhem tantas similaridades, eles não têm nem a
mesma origem. O Português vem do latim e o Inglês é resultado da fusão de línguas e dialetos
levados para a costa leste da Grã-Bretanha por povos germânicos (anglo-saxões) no século V.


Sabemos o quanto é difícil para nós, adultos, evitarmos a comparação entre algo que nos é
familiar com algo completamente novo. Isso nos conforta e nos dá aquela sensação de
segurança. Mas no caso de aprender um idioma, precisamos tentar, e tentar de verdade –
várias e repetidas vezes – por bastante tempo.


O Present Perfect é um tempo verbal que não usamos na língua portuguesa. Algumas pessoas
até tentam fazer algumas inferências com traduções que remetem à estrutura utilizada por ele
em português, mas saiba que isso mais te atrapalha do que ajuda.

• IDIOMAS SÃO ESPELHOS DA CULTURA

3 formas de aprender o present perfect

“Language is culture and culture is language”.


Salve a frase acima no seu celular e a use sempre que precisar de uma inspiração!

Pois além das diferenças semânticas, o Português e o Inglês refletem a cultura de seus
falantes. Assim, não há como aprender uma língua sem aprender sobre sua cultura.


Agora pause essa leitura por alguns minutos e liste mentalmente algumas diferenças culturais
entre o Brasil e um país falante de Inglês (EUA, Canadá, Inglaterra, Irlanda, Austrália, etc).


Cada uma das diferenças culturais que você reconheceu na prática acima estão refletidas nos
dois idiomas, e tais diferenças impactam as estruturas gramaticais e funções de linguagem de
ambos.


Portanto, o Present Perfect reflete a maneira como os nativos falantes de inglês interpretam
acontecimentos no passado. Quando eles se referem a um fato no passado que possui uma
data bem definida, eles usam o Simple Past, simplesmente porque o objetivo é informar o que
aconteceu de fato. Agora, quando eles querem falar sobre como foi sua experiência naquele
dado momento, o Present Perfect entra em cena para mostrar que não importa quando
aconteceu, e sim, como o falante guardou aquela memória.

• COMEÇA A VER A PALAVRA “HAVE” COM OUTROS OLHOS

3 formas de aprender o present perfect

Quanto você aceitar que “HAVE” pode ser um verbo e também um auxiliar, seu mundo vai
mudar, tudo vai clarear e ficar mais fácil, pois você vai parar de prestar tanta atenção nos dois
“HAVES” e finalmente focar na mensagem que está sendo passada.


Todos os alunos sabem e entendem essa diferença, mas a falta de aceitação causa estranheza
toda vez que eles precisam lidar com o Present Perfect, o qual é um dos tempos verbais mais
utilizados na língua inglesa.


Veja só algumas situações bem comuns em que você vai precisar usar o Present Perfect:


• Entrevista de emprego: para falar de sua experiência acadêmica e profissional – How long
have you worked as a manager at that company?

3 formas de aprender o present perfect


• Greetings: ao cumprimentar as pessoas – How have you been? What have you been up to?

3 formas de aprender o present perfect


• Quebra-gelo: para “puxar conversa” ou “bater papo” informalmente – Have you ever been to
Hawaii? Have you seen Di Caprio’s new movie?

3 formas de aprender o present perfect

Super Dica: Agora que você chegou até aqui e leu as 3 formas de aprender o present perfect
de uma vez por todas, a super dica é: direcione seus esforços para memorizar os verbos no
particípio para te ajudar a entender melhor as frases que usam o Present Perfect. O segredo da
compreensão está nestes verbos, e não no auxiliar HAVE.
Então agora que você já está mais amiguinho do Present Perfect, abra seu app de música e
cante I STILL HAVEN’T FOUND WHAT I’M LOOKING FOR com o Bono e sua banda. Depois
procure por HAVE YOU EVER SEEN THE RAIN e coloque ela para tocar perto de seus pais, tios ou irmãos mais velhos, que você vai ver como eles sabem cantar com o Present Perfect e
com o Creedence.
Essas músicas são muito antigas para você?


Não importa a música que escolher e sim como você pode se divertir e aprender com ela para
evoluir sempre.
“Have” a great one! See you soon.


Escrito por:

Equipe Pedagógica Rockfeller

Você também pode se interessar


Deixe Seu comentário

Política de comentários: Adoramos os comentários e agradecemos o tempo que os leitores gastam para compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados manualmente e aqueles considerados spam ou exclusivamente promocionais serão excluídos!

Conheça nossos cursos