Rock Students

Você já pensou em aprender um idioma de forma mais leve e divertida?

Equipe Pedagógica Rockfeller | 08/07/2021 | 4 min de leitura | Voltar

Você já pensou em aprender um idioma de forma mais leve e divertida? Imagine esta cena: uma sala de aula com um professor tão sério que dá medo de perguntar até a hora, colegas que te olham atravessado toda vez que você erra, longos minutos de silêncio total depois de um “Did you understand?” e aquele quadro branco repleto de variações de tempo verbal para você decorar! 

Bem-vindo aos anos 90! 

Pois é! Se a sua sala de aula ainda se parece com a descrição acima, você é um viajante do tempo e ainda não se deu conta disso. Que tal voltar ao presente e desfrutar de uma experiência de aprendizado mais condizente com o século em que você vive agora?!

A Rockfeller é pioneira em quebrar os padrões de aulas de inglês convencionais

Recebemos incontáveis feedbacks de alunos dizendo que as aulas são o momento mais divertido de seus dias. Alguns possuem uma rotina muito pesada e agitada no trabalho. Outros se dedicam imensamente à rotina de estudos da faculdade ou do colégio.  Por isso, as aulas de inglês se tornam um refúgio em dias atribulados e estressantes. 

E para chegar a um ambiente tão leve, divertido e produtivo ao mesmo tempo, a Rockfeller inovou. Desde a troca das lousas brancas pelas TVs interativas, as mesas em formato de U e, claro, professores preparados e engajados em acompanhar o aluno em sua jornada de aprendizado.

Com a finalidade de comprovar tudo isso, convidamos o Luiz Felipe Cavalcanti, Coordenador Pedagógico da Rede Rockfeller, para responder 3 perguntas simples e diretas sobre a fórmula de encantamento de alunos exclusiva da Rockfeller.

Luiz, como você descreve uma sala de aula típica Rockfeller?

Você já pensou em aprender um idioma de forma mais leve e divertida?

Primeiramente, nossas salas de aula são um ambiente de aprendizagem focado no aluno, onde o aprendiz é o centro de todo o processo. Elas são, acima de tudo, um ambiente de prática, um espaço sem preconceitos com erros, onde os alunos são sempre incentivados a falar inglês, a usar o idioma de forma real, sem enrolação. Nosso conceito de sala de aula invertida permite que isso aconteça com resultados muito melhores que qualquer sala de aula comum. Nosso aluno já se sente mais confiante em participar, falar e produzir já que ele vem para a aula preparado para isso pela plataforma exclusiva de aulas da Rockfeller.

Além disso, as turmas são pequenas, o que tira a vergonha e o medo que todos nós sentimos diante do novo, do inesperado. Posso dizer que as salas de aula Rockfeller nunca são silenciosas, há sempre muitas risadas e conversa boa. É só entrar em qualquer uma de nossas escolas para comprovar o que eu estou falando! Os alunos sentem vontade de conversar, de praticar inglês, e não precisam esperar chegar no nível X ou Y para isso. Conosco a conversação começa no primeiro dia de aula.

Por que o professor “carrasco” ficou no século passado?

Porque esse professor era fruto de um modelo antigo de ensino, em que o processo de aprender era também um martírio, um “fardo” para qualquer pessoa. Assim, o perfil de professor “carrasco” que incentivava pela “dor” era multiplicado em todas as escolas de idiomas porque o papel dele não era acolher as dificuldades e desafios do aluno, e sim, fazer de tudo para evitar que o aluno errasse. Era como se o aluno não tivesse nada a dizer, nada a oferecer durante sua jornada de aprendizado, então ele nunca produzia nada, ele copiava e repetia, mais nada.

O que temos na Rockfeller é um modelo de professor moderno, mais próximo do aluno, mais empático porque sabe e se importa com o seu aprendiz, ele constrói relacionamentos e não sufoca a individualidade de cada aluno. Ajudamos nossos professores a entenderem que ensinar é uma via de 2 mãos, não apenas se ensina, mas também se aprende. Muito mais que professores, eles são pessoas comprometidas em aprender a ensinar, e valorizam essa troca com os alunos. Isso faz toda a diferença!

E como manter as aulas mais leves e divertidas?

Você já pensou em aprender um idioma de forma mais leve e divertida?

A grande sacada é a interação, é este espaço em que falar a língua alvo não é algo complicado e exclusivo a um momento especial. A interação é natural e está em todos os momentos da aula, os alunos são sempre expostos a momentos de olhar para os colegas e usar o idioma de forma natural e com toda a amplitude da comunicação: falando, usando expressões e gestos.

Certamente, vale ressaltar também o olhar que temos sobre os erros dos alunos, pois entendemos que isso faz parte do processo, que não tem como aprender sem errar, portanto, não existe exposição ou julgamentos quando os erros acontecem pelo simples fato de que o erro é normal para todo mundo. Quantas vezes caímos para aprendermos a andar? Quando vivenciamos esse princípio, o aluno se despe de suas defesas e o aprendizado flui com muito mais entusiasmo. 

Se você está à procura de uma experiência de aprendizado como essa ou se você já pensou em aprender um idioma de forma mais leve e divertida, sentimos dizer que sua busca acabou! Bem-vindo à Rockfeller! Saiba como começar suas aulas agora mesmo!


Escrito por:

Equipe Pedagógica Rockfeller

Você também pode se interessar


Deixe Seu comentário

Política de comentários: Adoramos os comentários e agradecemos o tempo que os leitores gastam para compartilhar ideias e dar feedback. No entanto, todos os comentários são moderados manualmente e aqueles considerados spam ou exclusivamente promocionais serão excluídos!

Conheça nossos cursos